domingo, 1 de fevereiro de 2009

A beleza do Caranguejo


Discover George Elliott!




Os caranguejos são os crustáceos da infra-ordem Brachyura,
caracterizados por terem o corpo totalmente
protegido por uma carapaça,
cinco pares de patas (pereiópodes) o primeiro dos quais
normalmente transformado em fortes pinças,
e geralmente o abdomen reduzido e dobrado
por baixo do cefalotórax.
Os pleiópodes se encontram na parte dobrada do abdómen
e nas fêmeas são utilizados para movimentação dos ovos.

No litoral do Paraná, o caranguejo mais conhecido
e consumido é o caranguejo-uçá
também chamado de caranguejo-do- mangue.
Ele também é o que tem o maior tamanho.
Para ser capturado, precisa ter no mínimo
sete centímetros de carapaça,
o que muitas vezes também não é respeitado.
Quando o crustáceo consegue sobreviver,
o tamanho da carapaça pode chegar até doze centímetros.
O animal se alimenta de folhas de mangue e,
dependendo da alimentação,
pode ser marrom-escuro, azulado, esverdeado ou amarelado.

Mapa das áreas de mangue no mundo


Apreciado por sua carne macia e marcante,
o caranguejo não pode ser capturado
durante o defeso – a proibição da caça.
No verão ocorre o que os pescadores chamam de
“corrida”, período em que os machos saem da toca
e procuram as fêmeas para reprodução.
Nessa época, quem aprecia a iguaria
aproveita para desfrutar do reencontro. ..

O caranguejo é nativo dos manguezais brasileiros
e faz parte do cardápio nacional
desde antes da chegada dos portugueses.
Comer caranguejo é um ritual
muito apreciado e mantido pelos nativos
há muitos anos, e o jeito mais comum de apreciar a iguaria,
é preparando-a em casa.

Os melhores caranguejos são os grandes
e que estão à véspera de trocar a carapaça.
Depois de capturados, eles devem ser mantidos vivos
e consumidos em até três dias.
Depois de escolher os animais
é preciso lavá-los em água corrente.
Eles devem ser cozidos ainda vivos,
para que fiquem saborosos,
e não é preciso tirar cabeça ou pêlos.
Quando a pessoa estiver à mesa,
separa as partes comestíveis.
A água do cozimento poderá ser
temperada com sal, pimenta, cebola, tomate,
salsinha ou louro, ou ainda, ser pura e sem temperos.
Adicionar um pouquinho de vinagre
ajuda a soltar a carne da carapaça.
O cozimento é rápido, e o fogo pode ser desligado
depois da primeira fervura,
embora haja uma corrente que prega
que o ideal é desligar depois da segunda fervura.

Aceitar o convite para uma caranguejada
exige algumas horas de agenda.
Tem de comer com calma,
separando cada garrinha até chegar à carapaça.
Para chegar até a carne que “se esconde”
dentro do casco é preciso contar com
a ajuda de um martelo e uma tábua
ou de um quebrador de caranguejo,
que é uma espécie de alicate .

Porém, com alguma técnica,
nenhuma ferramenta é necessária.

A melhor forma de apreciar o caranguejo
é “à moda nativa”, acompanhado de feijão preto,
farinha de mandioca crua e vinagrete.
Para ficar ainda mais original,
o pirão de feijão e farinha deve ser preparado
dentro da carapaça do caranguejo, após a carne ser retirada.

Mas o principal acompanhamento do caranguejo

é a companhia dos amigos!

Sem eles, não tem a menor graça.

10 comentários:

Lisavieta disse...

Oi, Ana!!
Seu blog eh uma delicia, viu?
Vou virar frequentadora.
Q bom q nos "esbarramos" virtualmente!!
(=
Um beijo, sucesso!

Lisavieta disse...

Menina, tb AMO o filme Retratos da Vida (Les Uns et Les Autres).
Na verdade, comungo com seu gosto de filmes e livros, mas eh q Retratos da Vida eh um desses filmes q deveria ser obrigatorio todo mundo assistir!!
Comprei ele em DVD, e tb comprei a Trilogia das Cores (q vc cita abaixo na sua lista de filmes tb). Estou me deliciando com o box da trilogia, pq vem com extras, entrevistas, etc... O maior "banquete!!"

Luiz Borges disse...

É um ritual extremamente desestressante, apesar de um pouco neandertalesco. Nessa hora retornamos às nossas raízes primitivas, com marteladas e grunhidos. Muito divertido.
Bj.
Luiz

Mônica disse...

Oi Ana! Vim tetribuir a visita e adorei seu blog ( já virei até seguidora)! Gostei muita da sua lista de lugares,livros e filmes.

Já teve o casamento que vc disse que vai ser madrinha? Postei uns vestidos Versace que são um sonho...
bjs

Fabíola disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...
Que coisa meiga!!!
Então foi por isso que meu teleone e do Du não parou mais de tocar??? Ficamos famosos!!!
Estava tudo uma delícia.
Beijos!!!

Daniel Lucio Oliveira de Souza disse...

A Dorinha ficou babando!
Pena que o calor e um casamento no meio NOS impediu (Mariana incluida).
Pelas fotos foi o "Banquete de Ebinete"!

abração

Rosa Maria disse...

Aí que vontade que o tempo voltasse, queria tudo de novo!!

Bjos Ana e viva Dona Ebina!
Rosa Maria

Anônimo disse...

Oi Aninha...
E estava bom este caranguejo hein...
Nem me convidaram!!! kkkkkkkk
Fica para a próxima...
Beijos..
Marcelli Dias

Anônimo disse...

Oiii Ana.
Meu Deus que delicia, temos que combinar uma horinha pra gente comer um carangueijo einn.
Beijinhos Ana.
Vanessa / Cromoart

Ana Balbinot disse...

Oi Vanessa, tava uma delícia mesmo!
Vamos combinar uma dessas neste verão?
Beijos