domingo, 14 de março de 2010

A Beleza de Clarice Lispector


Clarice Lispector
1920 - 1977

"Não tenho tempo para mais nada...
Ser feliz me consome muito."

                             

"Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa
ou forte como uma ventania:
depende de quando e como você me vê passar."


"Eu acreditava em anjos.
E porque acreditava, eles existiam. "


"Perder-se também é caminho."


"Já que se há de escrever, que, pelo menos
não se esmaguem - com palavras- as entrelinhas. "


"Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso.
Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta
nosso edifício inteiro. "


"Não se preocupe em entender.
Viver ultrapassa qualquer entendimento."


"Todos os dias quando acordo, vou correndo
tirar a poeira da palavra amor. "


"Há a vida que é para ser intensamente vivida.
Há o amor, que tem que ser vivido até a última gota.
Sem nenhum medo. Não mata. "


"Sempre conserve uma aspa à sua esquerda
e outra à sua direita. "


"Que medo alegre o de te esperar. "


"Tenho medo de dizer quem sou:
no momento em que tento falar, 
não exprimo o que sinto, 
e o que sinto se transforma, lentamente,
no que digo. "


"Quando se ama não é preciso entender o que se passa
lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós. "


"Eu nem entendo mais aquilo que entendo,
pois sou infinitamente maior do que eu mesma.
Então, não me alcanço."



Ouve-me. Ouve o meu silêncio.
O que falo nunca é o que falo e sim, 
outra coisa. Capta a outra coisa, pois eu mesma,
não posso."


Você pode até me empurrar de um penhasco.
E daí? Eu adoro voar! "


E ninguém é eu. E ninguém é você.
Esta é  solidão. "


Minha alma tem o imaterial peso da solidão
no meio de outros. "



O que verdadeiramente somos
é aquilo que o impossível cria em nós. "


"Sou composta por urgências.
Minhas alegrias são intensas,
minhas tristezas, absolutas.
Me entupo de ausências,
me esvazio de excessos. "


"Eu não caibo os estreitos
Eu só vivo nos extremos."


Créditos: 

Agradecimento:
À minha amiga Rúbia, que foi a inspiradora
desta postagem

10 comentários:

Luiz Borges disse...

Belíssimos pensamentos da Clarice.
Parece ser uma solitária que quer ser amada.
Ou uma pessoa muito amada que anseia por um pouco de solidão.
Eu só penso nos finais-de-semana em que minha solidão desaparece com a vinda da minha amada.

Ana Balbinot disse...

Meu Filósofo! Que lindo o seu recado...Pois faço das suas palavras as minhas, e desfaço-me da solidão quando estou com você!

Virginia Larghi disse...

A Clarice é perfeita nos seus pensamentos,dizers,citações,poemas....
Adorei o post Ana!
Beijocas e boa semana!

suellen disse...

amei o post!!!!Seu blog como sempre é muito gostoso de ler..

Gabriela disse...

A minha chefinha como sempre criativa e inspiradora... Esse foi o mais lindo de todos!!!
Não posso deixar de colocar a minha profunda tristeza por não ter tido a sua presença no meu chá... (me inspiro em você!) rsrs
beijos

Karla Karoline disse...

"Não tenho tempo para mais nada...
Ser feliz me consome muito."

Percebe que estamos vivendo assim?! Somos felizes, somos lindas, somos amadas, temos familias maravilhosas, amigos sensacionais, um trabalho que causa inveja a muitos, ufa...

Enfim ser feliz, é o que importa!

Adorei...

Ana Balbinot disse...

Queridas Suellen, Gabi e Karlinha,
ADOREI os comentários! E Gabi, eu também senti muito por não ter podido ir ao seu chá, mas vocês todas saibam, VOCÊS são a minha inspiração e minha alegria diária!
Amo vocês!

Ivo e Fátima disse...

Aninha

Poemas tão inspirados, que na minha insignificância não encontro palavras para mais nada a não ser te dar parabéns por nos fazer lembrar de Clarice.

Beijos (no Gafa, abraços)

Ivo

Ana Balbinot disse...

Ivinho,
A Clarice é o máximo mesmo!
Beijaõ nos 2

Glorinha L de Lion disse...

Ana, fiquei encantada com seu blog!
Estava procurando no google ruas de Roma, e me deparei com esse encanto que é seu blog!
Muito prazer!
Te convido a ir lá no meu, tomar Café com Bolo comigo.
Grande abraço e obrigada pela beleza e encantamento que me proporcionou.